FIFA 20 Modo Carreira: Como encontrar Jovens Promessa (inspirado no Ajax)

Existem muitos clubes por toda a Europa que se afirmaram como mestres do scouting, sendo um dos principais o Ajax.

Há largos anos que o Ajax é referido por muitos como uma das academias do Futebol, contratando muitas jovens jogadores e transformando-os em craques – antes, infelizmente, de os perder para clubes maiores.

Mas para alguns clubes, perder jogadores que ajudaram a crescer não é de todo negativo, pois quase sempre é uma operação que traz dinheiro aos cofres do clube caso o jogador seja negociado na altura certa.

Se este é também a tua forma de pensar, ou se apenas queres saber como obter vantagem desse mindset, vale a pena dedicares algum tempo e perceberes como trabalham os olheiros do Ajax no Modo Carreira do teu FIFA 20.

Então, como consegue exatamente o Ajax ser tão bom quando se trata de contratar jogadores promissores, e como é que se pode recriar isto no FIFA 20? Fizemos o nosso melhor para imitar o plano da equipa de Amesterdão…

Academia de Jovens

O lugar mais importante para criar um clube como o Ajax é a Academia de Jovens, dado que muitas das vezes, muitos dos jovens prodígio da equipa ficam na academia, sem nunca terem sequer a hipótese de jogar pela equipa principal.

Para teres uma Academia de sucesso, deves analisar e contratar o melhor Staff de Jovens com o máximo de cinco estrelas tanto em Experiência como em Julgamento – se o teu orçamento o permitir, claro. Quanto mais experiente for um olheiro, mais jogadores irá encontrar, enquanto que um com melhor julgamento irá encontrar jogadores de melhor qualidade.

Certifica-te que escolhes o olheiro correto.

Quando tiveres contratado os teus olheiros, de preferência dois ou três, terás de lhes atribuir as suas tarefas – e é aí que poderás realmente imitar a equipa holandesa.

É necessário que um dos olheiros vá para a Holanda, de preferência durante nove meses para que esteja em operação durante toda a época. Obviamente, isto é para que possas ter acesso aos jogadores com potencial do país onde estás a jogar – como tal, não és obrigado a escolher este país caso estejas a jogar com uma liga de um outro país. Após escolheres a localização, o tipo de jogador que queres que os olheiros procurem, depende completamente de ti e das lacunas do teu plantel.

Podes tentar conseguir um vasto leque de talentos apenas mantendo o “Type” como “Any”, ou podes ser mais específico e limitar a pesquisa a um dos seguintes: “Technically Gifted”, “Winger”, “Physically Strong”, “Playmaker”, “Goalkeeper”, “Attacker” ou “Defensive Minded”.

Coloca um olheiro de jovens no país onde estás a jogar.

Assim que deres as instruções ao teu primeiro olheiro, vais querer enviar o teu segundo para a Dinamarca, uma vez que o Ajax tem vindo a conquistar jovens jogadores da nação escandinava ao longo dos anos, tais como Christian Eriksen, Kasper Dolberg e Viktor Fischer.

Mais uma vez, o tipo de jogador que procuras depende completamente de ti, mas para a verdadeira experiência Ajax podes querer concentrar-te em “Playmakers”, “Attackers” ou os mais vastos “Tecnically Gifted”.

Em resumo: envia os teus olheiros de jovens para a Holanda e para a Dinamarca. O Ajax costumava também ter imensos belgas, mas essa fase já passou. Portanto estes dois países devem dar-te talento suficiente.

Global Transfer Network

Depois da academia, podes também aproveitar o máximo da Global Transfer Network ou, em termos mais simples, dos teus olheiros da equipa principal.

O primeiro passo será enviar um dos olheiros para um dos quatro países sul-americanos disponíveis: Argentina, Brasil, Chile ou Colômbia.

Envia um olheiro para um dos 4 países sul-americanos – tal como faz o Ajax!

Nos últimos anos, jogadores como Edson Alvarez, Lisandro Martinez, Lisandro Magallan, Nicolas Tagliafico, David Neres e Davinson Sanchez trocaram diversos clubes sul-americanos para se juntarem ao Ajax e, ou passaram a provar o sucesso com a equipa de Amesterdão, ou começaram a mostrar o seu potencial.

Na grande maioria dos casos, quando procuras um novo jogador para contratar tu não queres contratar um jogador experiente, mas sim um jogador jovem com margem de progressão, que te sairá muito mais barato e poderás evoluir tu próprio. As idades que procuras vão ser entre os 16 e os 23 anos, e deves certificar-te de que um dos atributos que selecionado é o “Promising” – para garantir que não vais contratar apenas com base na idade.

Observa jogadores promissores abaixo dos 23 anos.

Tal como na Academia de Jovens, os restantes atributos e a posição que procuras depende de ti, tendo em conta as necessidades do teu plantel. Se estiveres a jogar com o Ajax, lembra-te que os jogadores mais famosos da história do clube foram por norma, tecnicamente dotados e com um excelente posicionamento.

No entanto, seguindo a estratégia dos olheiros do Ajax, não se trata apenas de procurar jovens jogadores – precisas de jogadores mais experientes para encher a equipa – embora ainda jovens o suficiente para vir a poderem vir a ser vendidos mais tarde.

Nos últimos anos, jogadores como Dusan Tadic e Quincy Promes foram contratados para impulsionar o plantel do Ajax – jogadores que não foram exatamente objeto de grandes batalhas de transferências, mas que acrescentaram bastante qualidade.

Para este tipo de jogadores, vais ter de procurar jogadores com o atributo “First Team Quality”, aumentando ligeiramente os requisitos de idade para cerca de 27 ou 28 anos. Mais uma vez, outros atributos e posições são da tua responsabilidade.

Não te esqueças dos jogadores experientes que jogam fora das grandes equipas.

A partir daqui, conseguirás um número de bons jogadores prontos a assinar e a jogar pela equipa principal.

O retorno a casa

Dizem que nunca regressam a um ex, mas no futebol, muitos jogadores acabam por regressar “a casa” com algum sucesso.

O Ajax é um clube que, ao longo dos anos, viu regressar alguns dos seus antigos jogadores, quer no final da sua carreira, quer no seu auge.

Do plantel actual, Klaas-Jan Huntelaar, Daley Blind e Ryan Babel deixaram o seu antigo clube apenas para regressarem e todos desempenharam o seu papel – embora o último tenha tido a vida complicada devido a lesões.

Para copiar isto no FIFA 20 Modo Carreira é bastante simples: basta tomares atenção aos jogadores que vendes, caso não tenhas espaço para eles no plantel ou achares que podem progredir mais numa outra equipa. Mais tarde, quando tiverem melhorado e as coisas se abrirem para um regresso, recebe-os de braços abertos e reintroduz os jogadores que conhecem o espírito do clube num plantel misturado com juventude e experiência.

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *